domingo, 27 de fevereiro de 2011

Vantagens do Esquecimento



"Cada dia é uma nova oportunidade que temos, para que possamos nos desvencilhar de velhos conceitos, das idéias fixas e reflexões obsoletas, e aproveitando da "vantagem do esquecimento" com que nos concede a Divina Providência, a fim de que transformemos nossa presente encarnação em fontes de suprimentos novos para que as encarnações futuras sejam mais felizes."

Hammed / Francisco do Espírito Santo Neto


domingo, 13 de fevereiro de 2011

Vínculos Familiares



“Porém, com o Espiritismo, esse conceito de família se alarga, porque os velhos padrões patriarcais, impositivos e machistas do passado, cedem lugar a um clã familiar de visão mais ampla de vivência coletiva, dentro das bases da reencarnação. Por admitir que os laços da parentela são pré-existentes à jornada atual, os preconceitos de cor, de sangue, sociais e afetivos caem por terra, porque veem nas possibilidades das vidas sucessivas o retorno das almas no mesmo domicílio, ocupando roupagens físicas conforme as necessidades evolutivas.”

Hammed / Francisco do Espírito Santo Neto


quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Entrando na Nova Consciência


Entrando na Nova Consciência – Estímulos da Vida
Meditação “Não tem eu” e “Não tem os outros”
Programa com o Espírito Calunga através do médium Luiz Gasparetto
Rádio Mundial dia 09.02.2011

domingo, 6 de fevereiro de 2011

A Arte da Aceitação



“Aceitar nossa realidade tal qual é representa um ato benéfico em nossa vida. Aceitação traz paz e lucidez mental, a fim de que visualizemos o ponto principal da partida, e realizemos satisfatoriamente nossa transformação interior.”

“A atitude de aceitação é quase sempre característica dos adultos serenos, firmes e equilibrados, e soma-se também a ela o estímulo que possuem de senso de justiça, pois enxergam a vida através do prisma da eternidade.”

“Consequentemente concluímos que aceitação não é adaptar-se a um modo conformista e triste de como tudo vem acontecendo, nem suportar e admitir qualquer tipo de desrespeito ou abuso à nossa pessoa, mas sim ter a habilidade necessária para admitir realidades, avaliar os acontecimentos, promover as mudanças e solucionar assim nossos conflitos existenciais, caminhando com autonomia e optando por objetivos que pretendemos atingir.”

Hammed / Francisco do Espírito Santo Neto