domingo, 5 de abril de 2015

Incapacidade de aceitar os outros...

“Sua incapacidade de aceitar os outros como são é reflexo de sua incapacidade de aceitar a si próprio.”

 “Certamente, esquecemo-nos de que somos nós mesmos que nos iludimos, por querer que as criaturas deem o que não podem e que ajam como imaginamos que devam agir.”

“Não culpemos ninguém pelos nossos desacertos, pois somos os únicos responsáveis – cada um de nós – pela qualidade de vida que experimentamos aqui e agora.”

“Cada um vê o universo das coisas pelo que é. Vemos o mundo e as criaturas segundo o nível de desenvolvimento da consciência em que vivemos.”


Hammed


Não conseguiremos conviver bem com ninguém se não conseguirmos uma boa convivência conosco mesmo. Até porque, quem ficará eternamente comigo sou “eu”; então, é fundamental para mim, aprender a conviver comigo, conhecer meus limites e descobrir minhas possibilidades, de modo a tirar o melhor das experiências que estou vivendo. Convivência saudável, sem invasão de espaços ou qualquer que seja a forma de constrangimento, é privilegio de quem conquistou maturidade, de quem se conhece, aceita-se e se respeita; e, por consequência, aceita e respeita o outro, esteja ele no nível que estiver.


José Antonio Ferreira da Silva